DIVERSOS – Histórias que nos ensinam

À beira do caminho estavam duas sementes de alface a espera de que um vento as levasse para a horta que ficava muito distante dali, a fim de germinarem. Logo a frente existia um lindo pomar, com grandes árvores frutíferas. Disse uma das sementes: Eu não vou esperar o vento me levar. Vou ficar aqui mesmo, neste pomar.”

E assim, para ficar no meio das grandes árvores frutíferas, desistiu de unir-se as hortaliças. Porém as sombras das árvores não permitiram que o sol aquecesse aquela pequena, semente que por isso nunca chegou a germinar.

A outra semente no entanto com paciência esperava o vento levá-la  até a horta. Assim, depois de um tempo conseguiu chegar ao seu destino. Lá o sol era abundante e ela logo germinou, tornando-se um lindo pé de alface.

Cada um de nós é uma semente. É preciso descobrirmos que tipo de semente somos para que saibamos escolher o terreno certo e assim podermos germinar no tempo oportuno. 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.