Por que criamos expectativas em relação a vida de outras pessoas?

Não tenho filhos biológicos; por opção e por me envolver facilmente com crianças resolvi cria-las, aliás quem cria é Deus, resolvi ser figura atuante em suas vidas e aconteceu três delas serem irmãos. A mais velha, estudiosíssima, frequentou e concluiu duas faculdades, a mais nova buscou quatro faculdades e na quarta concluiu e se profissionalizou, o menino cresceu dizendo: não quero faculdade, quero trabalhar, após o ensino médio profissionalizante ingressou no mercado de trabalho, sempre no comércio, não adiantou conselho, incentivo nem carinho, a sua palavra de ordem era trabalhar, casou, e teve filho. Essa semana recebi o seu convite de formatura em Gestão Comercial, o que eu não consegui a esposa conseguiu, um lindo convite com mensagens e dizeres emocionantes. Na formatura fui uma das primeiras a chegar, ambiente com flores brancas, tudo era encantador; escolhi o melhor lugar para acompanhá-lo em todos os seus movimentos, ele chegou elegante, de terno preto, eu participei da sessão de fotos, esperei a solenidade e ele de beca ao som da sua música escolhida de crença e fé, buscou o seu diploma, fotografei todos os seus passos, estive presente no buffet oferecido aos convidados, procurei-o e com todo calor da minha alma o abracei fortemente. Voltei para casa feliz como uma criança que recebe um presente desejado por muito tempo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *