QUESTIONAMENTO – E o ódio que se julga ser antítese do Amor, é o próprio Amor que adoeceu gravemente?

Relendo um antigo livro encontrei algo muito importante para todos nós: ” Tudo é Amor.

Vida é Amor existencial,

Razão é Amor que pondera

Estudo é Amor que se realiza

Ciência é o Amor que investiga

Religião é o Amor que busca Deus

Verdade é o Amor que eterniza

Ideal é o Amor que sublima

Fé é o Amor que transcende

Esperança é o Amor que sonha

Caridade é o Amor que ajuda

Renúncia é o Amor que se depura

Desespero é o Amor que enlouquece

Simpatia é o Amor que sorri

Trabalho é o Amor que edifica

Indiferença é o Amor que se esconde

Paixão é o Amor que se desequilibra

Ciúme é o Amor que se desvaira

E se tudo é Amor…Não deixe de amar…Respeita a pergunta que te faz a cada instante a lei eterna. Como? Tudo é Amor, por isso aceite com Amor.”

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *