QUESTIONAMENTO – E você, o que me diz?

Quase todos os dias lemos ou ouvimos algo sobre o Coronavírus, geralmente a conclusão é que ele veio para nos ensinar algo. Tivemos oportunidade de conhecer opiniões de filósofos, religiosos, médicos, jornalistas, cômicos, escritores e outros.

Estamos no sétimo mês de Pandemia, de Isolamento e de preparação para a Renovação. Já está em tempo de analisarmos o nosso procedimento gerado pelo Coronavírus, o que pensamos? O que resolvemos? E o que realizamos, para sabermos o que manteremos.

Com mais tempo disponível, conheci melhor as pessoas da minha convivência, valorizei ao máximo os meus amigos, aprendi a ouvir mais e falar menos, confirmei a importância do saber dizer não, pratiquei mais a humildade e revi o meu passado sem julgamento, sem tristeza, sem alegria, acreditando que as experiências são válidas para o amanhã, para um novo tempo que virá.

Organizei um horário com necessidades importantes para mim:

– Ler e escrever;

– Fazer meus exercícios e minhas posturas de Yôga;

– Meditar;

– Cuidar das nossas plantas, nossos animais e nossas crianças;

– Regularizar as horas de trabalho, de alimentação e de sono.

Transformei essas atitudes num horário fixo semanal e me encontro estável, determinada e fortalecida num processo crescente e real preparada para viver em Renovação o tempo que me será destinado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *