QUESTIONAMENTO – Os valores podem ser passados de pais para filhos?

Vivíamos num clima de paz e amor, minha mãe cuidando de seus filhos( um homem e cinco mulheres); meu pai saia as 5h e regressava as 22h, era fiscal de Feira; todos nós estudávamos pela manhã, tínhamos horário para tudo: fazer tarefas da escola, estudar, atribuições domésticas e ajudar uns aos outros. Aos domingos com chuva ou sol íamos assistir a Santa Missa, era necessário acreditar.

Tudo era disciplina, os valores eram passados através de exemplos, obedecíamos sem questionar, ouvíamos histórias e a moral sempre era ressaltada para que aprendêssemos, os ditos populares eram citados com intuito de vivência; tudo era real, não era permitido: enganar, mentir, nem ofender, a verdade prevalecia em todos os atos, sempre o diálogo era a solução; a minha mãe era admirada e respeitada por toda a vizinhança.

Crescemos sendo lembrados de: ter consciência da nossa responsabilidade, que o bom da convivência era a tolerância e que devíamos semear a união.

Ela partiu cedo, mas deixou palavras de ordem: Aprenda a pensar, não desanime, não desista, não devaneie, seja determinado, lute e vença!

Hoje e sempre reverenciarei você minha mãe Zulmira Tinaut.

2 comentários em “QUESTIONAMENTO – Os valores podem ser passados de pais para filhos?

  • agosto 1, 2018 em 7:32 am
    Permalink

    Belas palavras, querida !
    Conheci sua mãe, guerreira ! Fui sua aluna e amiga.
    Perdi o contato.Que pena que ela se foi …
    Cynthia

    Resposta
    • maio 26, 2019 em 4:12 pm
      Permalink

      Cynthia, gostaria de ter seu contato

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *