QUESTIONAMENTO – Quando iniciaremos a Semeadura?

Recebi um telefonema, era uma ex-colega que se tornou amiga, estava indignada devido a um certo conflito familiar, após a explosão ela me perguntou: “E você, não diz nada?”.

Quando jovem ligávamos o rádio e ouvíamos: “Hoje eu quero a rosa mais linda que houver e a primeira estrela que vier para enfeitar a noite do meu bem.”. Era o ROMANTISMO; “prepare seu coração pra coisas que vou contar, eu venho lá do sertão.”. Era APRENDIZAGEM DE VIDA; “aos pés da santa cruz você se ajoelhou em nome de Jesus um grande amor você jurou, jurou mas não cumpriu, fingiu e me enganou…” era TRAIÇÃO e assim sucessivamente, os problemas eram apresentados em belas canções as pessoas se respeitavam, a família era um baluarte, o lazer era alegria, a escola era a segunda família.

Hoje ligamos a tv, sabendo que uma imagem vale mais que mil palavras como dizia Confúcio, filósofo Chinês que viveu de 551 aC a 479 aC, e o que vemos com exceção: homens maltratando e matando mulheres e muitas vezes a mãe dos seus filhos, parentes estuprando crianças, torcidas dos times se esgalfinhando, as famosas (com exceções), se exibindo corporalmente, programas obscenos, músicas com insinuações negativas, pessoas que colocamos no poder para defender a nossa nação em total corrupção e a escola fragilizada

Como criticar e julgar o jovem? Qual a referência que ele tem para ser um SUPER HERÓI? Não julguemos, ajudemos. Como?

Na nossa máquina humana perfeita que Deus nos deu, existe uma semente, procuremos fazê-la germinar, são os valores espalhemos eles num solo fértil, para ver o que acontecerá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *