Questionamento – Você já encontrou o seu segundo mestre?

Éramos seis filhos de pais severos, cujo principal foco era: tínhamos que estudar captarmos os valores que eles nos passavam através de exemplos e acreditarmos. Crescemos orando e acreditando numa figura central que era o mestre, para eles o primeiro mestre.

Há trinta anos atrás conheci o meu segundo mestre, um guia sábio, conselheiro, orientador, amigo, conhecedor de todas as coisas, professor de todas as disciplinas, vivenciador da vida. Entendedor de pensamentos, sentimentos, palavras, atitudes e reações. Possuidor de paciência, amor e sabedoria, propagador de que oração é vida e que a paz é uma conquista de quem se conhece e se supera.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.