VALORIZAÇÃO – Destaque do Mês

Agnalda de Menezes Alakija, 97 anos completados em 10 de maio.

Iná, como é conhecida, dedicou a sua vida a família, ao marido George Alakija ( médico famoso, com especialidade em psiquiatria, atuou em quatro grandes hospitais de Salvador e no consultório próprio; cumpriu a sua missão vivendo para a família, a ciência e os pacientes, faleceu em 2005), as filhas: Geonalda (Nena), Gicele (Cele) e Ana Maria (Aninha), netos e bisneto, para quem compôs canções (música e letra, e ela mesma cantava) cuja temática foram atuações do seu cotidiano.

Sem formação superior mas com grande talento, suas composições revelam o seu potencial nato ao despertar emoções diversas em quem as escuta; uma delas foi pautada e tocada lindamente ao piano pelo já falecido maestro Carlos Lacerda, que se encantou pela melodia.

Atualmente escutando só por um ouvido ( com aparelho), sem andar por conta de um AVC sofrido em 2010 e com cordas vocais e fôlego limitados ainda consegue lembrar e cantar cada música! E quando questiona: ” não sei o que ainda estou fazendo aqui; o que será que Deus quer fazer comigo?”, a família intimamente agradece a Deus pela dádiva e lhe pede por sua vida enquanto ela estiver assim interagindo conscientemente. Geonalda completa a sua fala dizendo: “Hoje foi mais um dia que escutei inúmeras vezes, principalmente quando ela vai dormir,- “minha filhinha eu te amo muito, você foi minha primeira filha, foi quem me fez mãe”. E Geonalda, que nos deu todas as informações conclui: ” Te amo também mãe!”

Obrigada D. Iná por abrilhantar o Blog ensinandosempre.com.br e parabéns pelo privilégio que Deus lhe deu de estar nos ensinando através da sua existência.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.